03 de julio de 2022

Lei que legalizou aborto muda vida das mulheres na Argentina, mas h√° medo de retrocesso

No primeiro ano, mais de 64 mil recorreram à interrupção voluntária da gravidez, embora ainda haja resistência em áreas mais conservadoras do país.

Medio: O Globo
Compartir en